Carta aberta dos escritores de língua portuguesa contra o racismo, a xenofobia e o populismo e em defesa de uma cultura e de uma sociedade livres, plurais e inclusivas

Publicado originalmente em Raquel Varela:
Sou uma das subscritoras https://www.publico.pt/2020/08/18/politica/opiniao/carta-aberta-escritores-lingua-portuguesa-racismo-xenofobia-populismo-defesa-cultura-sociedade-livres-plurais-inclusivas-1928434?fbclid=IwAR3HZ1CsOq7W40jcyvvVRhtpcRP6BRAmiId5CVp8Z7dNVh8i-Lb6XVwH-jY 204. Os nomes da liberdade. Assinada por 204 escritores lusófonos: portugueses, africanos e brasileiros. De…

dedicado a todos os que defendem a legalização da prostituição

Algumas pessoas acham que ajudaria que prostituição não fosse algo ilegal. Eu acho que cada mulher tem sua história. Pode ser OK para essa menina, que está conseguindo pagar a faculdade, mas não para essa outra, que foi molestada quando criança e agora não tem alternativas.

Mas deixa eu te perguntar uma coisa. Quantas pessoas você já encorajou a deixar seus empregos para virar prostituta?

1 4 5 6 7 8 25