Carta aberta dos escritores de língua portuguesa contra o racismo, a xenofobia e o populismo e em defesa de uma cultura e de uma sociedade livres, plurais e inclusivas

Raquel Varela

Sou uma das subscritoras

https://www.publico.pt/2020/08/18/politica/opiniao/carta-aberta-escritores-lingua-portuguesa-racismo-xenofobia-populismo-defesa-cultura-sociedade-livres-plurais-inclusivas-1928434?fbclid=IwAR3HZ1CsOq7W40jcyvvVRhtpcRP6BRAmiId5CVp8Z7dNVh8i-Lb6XVwH-jY

204. Os nomes da liberdade.
Assinada por 204 escritores lusófonos: portugueses, africanos e brasileiros.
De Lídia Jorge a Mário de Carvalho e João de Melo; de Mia Couto a Pepetela e José Eduardo Agualusa; de Chico Buarque a Luís Fernando Veríssimo e Nélida Piñon (entre muitos outros).
Adélia Carvalho
Adriana Lisboa
Afonso Borges
Afonso Cruz
Alexandra Lucas Coelho
Alexandre Andrade
Alice Vieira
Almeida Faria
Álvaro Laborinho Lúcio
Álvaro Magalhães
Amosse Mucavele
Ana Bárbara Pedrosa
Ana Cristina Silva
Ana Luísa Amaral
Ana Mafalda Leite
Ana Margarida de Carvalho
Ana Marques
Ana Pessoa
Ana Saldanha
Ana Saragoça
André de Leones
Andréa del Fuego
Andrea Zamorano
Andreia Azevedo Moreira
António Borges Coelho
António Cabrita
António Ladeira
António Mota
António Tavares
Bernardo Carvalho
Carla Maia de Almeida
Carlos Campaniço
Carlos Nogueira
Carlos Tê
Carlos Vale Ferraz
Carmen Zita Ferreira
Carola Saavedra
Catarina Santiago Costa
Catarina Sobral
Chico Buarque
Chissana…

View original post mais 415 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s