Touradas e morte

No mesmo dia em que se discute no parlamento o fim dos financiamentos públicos das touradas em Portugal, leio esta noticia na RR:

O CDS propõe que o Parlamento aprove um voto de pesar pela morte do toureiro Mário Coelho, falecido no domingo, dia 5 de julho, vítima de Covid-19.

A bancada centrista realça os feitos alcançados pelo matador durante a sua carreira e o facto de ter desejado ser recordado como “um homem que traçou um caminho direito e que nunca saiu dele”, a que acrescenta: “E assim será”.

No projeto de voto de pesar do CDS lê-se ainda que Mário Coelho “foi um dos mais emblemáticos matadores de toiros de Portugal.”

Sera sempre com enorme pesar que se recebe a noticia do falecimento de alguém, mas esta “actividade cultural” nao se pode glorificar:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s