As tretas de Juncker

“Juncker justifica negociações entre Bruxelas e Portugal com as regras europeias.”

Esta justificação de Juncker tem um pequeno problema: é falsa. Basta olhar para a opinião da Comissão Europeia sobre os orçamentos de Itália, França, Áustria, Lituânia e, sobretudo, Espanha para se perceber que as regras parecem só ser aplicadas a Portugal. Todos esses países violam as regras de ajustamento estrutural. Todos esses países viram os seus OEs aceites pela Comissão.

O caso espanhol, então, é um escândalo: tinham de reduzir o défice estrutural em 1.2, mas aumentam-no em 0.2. Espanha, que também está em procedimento por défices excessivos, tem o défice nominal e estrutural mais elevado do que Portugal, tem um desvio de 1.4 face às exigências europeias, mais do triplo de Portugal, e o seu orçamento…foi aprovado.

Se o que está em causa são regras, como diz Juncker, por que carga de água é que aprovaram o OE de Espanha e dos outros quatro países que referi acima? E com que fundamento e legitimidade criam problemas a Portugal?

(Para quem quiser ler em detalhe a opinião da Comissão sobre todos os OEs, fica aqui o link

Joao galamba no FB

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s