A Igreja e a pedofilia

A denuncia de casos de pedofilia praticados por alguns padres da Igreja Católica tem animado os meios de comunicação social. E a animaçao tem sido tao grande, que os disparates grassam na proporçao do escandalo.

A pedofilia é considerada uma doença desde os anos 80, Afonso de Albuquerque conhecido sexologo e psiquiatra refere-se a esta doença da seguinte forma: “não é possível encontrar nestes doentes um perfil fixo, apenas se sabe que são, na sua maioria, homens. Porém, há um estímulo erótico muito específico crianças pré-pubertárias. Muitos deles referem que amam as crianças com quem mantêm actos sexuais e acreditam ser correspondidos. Mas há uma distinção: O pedófilo mantém essa preferência para o resto da vida, o abusador pode ter só relações ocasionais.

Tentar encontrar uma relaçao entre pedofilia e o celibato dos padres é um exercicio de pura ignorancia, algo parecido com o que alguns iluminados, leia-se ignorantes, fazem em relaçao a homossexualidade.

É no entanto condenavel o encobrimento e o silenciamente que a mais alta hierarquia da Igreja Catolica tem tido em relaçao aos casos de pedofilia descobertos no seu seio. Quantas crianças terao sido vitimas desse silencio?

One comment

  1. Sejam pedófilos ou abusadores ou o queiram chamar, quem faz mal a uma criança deveria morrer na fogueira! E a igreja católica que crie vergonha e pare de dar cobertura aos padres pedófilos. Omissão é um grande pecado Sr. Papa!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s